quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Sande vs. sandes


 
            Estava a ler um post do blog http://mentedepravada.blogspot.pt/ sobre aqueles iluminados que dizem "obrigados". Adoro esses temas - sei que todos podemos cometer calinadas - mas há algumas que as cometem quase por opção!
 
            Este episódio que vos vou contar passou-se comigo no 1º ano da faculdade. Estava sentada à porta de uma sala com um grupo de colegas, já não me recordo se antes ou depois de um exame prático... Aproximava-se a hora de almoço e já estávamos a ficar com fome, pelo que uma das minhas colegas disse "hoje apetece-me comer uma SANDE...." Surge a temática do Sande vs. Sandes - afinal qual é a forma correcta? Cada um deu a sua opinião - opiniões essas infundadas porque nenhum de nós tinha certezas. A minha mãe e a minha irmã sempre me ensinaram que os dicionários existem para ser consultados e que devemos procurar esclarecer as nossas dúvidas junto deles. Assim o fiz! Junto a nós estava uma biblioteca e achei que não havia melhor altura que aquela para tirar a dúvida de uma vez por todas! O que li na altura terá sido uma definição assim:

sandes
(redução de sanduíche)

s. f. 2 núm.
s. f. 2 núm.
O mesmo que sanduíche.
 
sande
(redução de sanduíche)
s. f.
s. f.
[Informal] [Informal] O mesmo que sanduíche.
 
           Conclusão, pode dizer-se das duas maneiras. Não é como lápis (ou outros exemplos menos ortodoxos que possam dar)... De qualquer forma, para quem não quiser correr riscos, podem sempre dizer sanduíche! :)

2 comentários:

  1. Desta não sabia :)

    homem sem blogue
    homemsemblogue.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Fico contente por ter partilhado esta história então! :)

    ResponderEliminar